Apesar da lei, do poder e dos julgamentos dos juízes, ainda acredito na justiça!


Gerivaldo Neiva * Juiz de Direito (Ba), membro da Associação de Juízes para a Democracia (AJD) extraiu o site de texto

 http://www.gerivaldoneiva.com/2012/01/apesar-da-lei-do-poder-e-das-sentencas.html 

Para o governador, é culpa da justiça.

Para toda imprensa, a Justiça determinou, enviou, decidiu, desperdiçou ...

Para o juiz que assinou o pedido, a Lei foi cumprida e suficiente: Dura lex sede lex!

Para professores cheirando mofado, a regra da lei triunfou!

Para o coronel que comandou, ordens são ordens!

Para o soldado que marchou nos iguais, idem!

Hey, Justice, onde você não responde e aceita impassíveis tantos absurdos?

Você não entende o que está fazendo com o seu santo nome?

Em seu nome, eles atiraram, machucaram, eles levaram a casa e roubaram os sonhos e não diziam nada?

Pegue esta venda, vá!

Veja o que eles estão fazendo em seu nome! Alegrar!

E o mais absurdo: estão lhe dizendo os atos do juiz e o poder que ele representa!

Você ficará impassível?

E mais absurdo: eles estão transformando você em condenadas leis.

Acorde, vá!

Chame as pessoas, chame a lei das ruas e todos os oprimidos do mundo e grite alto:

"Não blasfem meu nome!" Eu não sou agência nem ganância! Não sou violento, nem cínico nem hipócrita! Eu não sou o poder, nem as leis, nem as sentenças, nem os julgamentos condenados!

Diga mais, vá! Chamada ainda maior:

- Eu sou o sonho, eu sou a utopia, sou o justo, sou a força que alimenta a vida, sou pão, sou um trabalho, sou habitação decente, sou uma educação de qualidade, sou saúde para todos, Eu sou um ambiente equilibrado, sou alegria, sou prazer, sou liberdade, sou a esperança de uma sociedade livre, justa e solidária e de uma nação fundada na cidadania e na dignidade dos humanos.

Diga mais, vá! Conforto:

- Acredite em mim. Um dia ainda estaremos juntos. Eu deixarei de ser o horizonte inacessível para reinar entre vocês! Acredite em mim. Apesar da lei, do Judiciário e dos julgamentos dos juízes, acreditem em mim e nunca perdoem aqueles que matam e roubam sonhos em meu nome, pois sabem o que fazem!


Voltar